Lagoa Betânia – Santo Amaro do Maranhão

Complementando a publicação anterior sobre o Espigão nos Lençóis Maranhenses, vamos mostrar Betânia, que é um pequeno vilarejo de poucas casas, cercado por água em quase toda a sua volta.

Ao lado da vila o rio alarga muito, parecendo um lago.

Há poucos minutos pelo rio deveríamos encontrar a famosa Lagoa Betânia, mas ela estava seca.

O vilarejo fica no caminho entre Santo Amaro do Maranhão e Barreirinhas.

Chegamos em Betânia na hora do almoço e na vila encontramos alguns restaurantes, a comidas principal era a carne de bode.

Meu guia recomendou que eu experimentasse.

No princípio recusei, mas ele insistiu que não poderia sair sem experimentar um dos pratos mais tradicionais do local, tive que aceitar e tenho que admitir que estava muito gostoso.

É uma carne pesada, mas aquela estava muito bem preparada.

O estranho é que vem de tudo, arroz, feijão de corda, uma pequena salada, farinha, a carne de bode num ensopado com molho de tomate e para completar macarrão alho e óleo.

É uma refeição para saciar a fome por um longo tempo.

Depois de almoçar fomos passear de barco pelo Rio Grande onde conheci os lugares mais bonitos da minha viagem aos Lençóis Maranhenses.

Como sempre não existe porto, pontão ou qualquer tipo de construção para o desembarque do bote.

É preciso um pouco de espírito aventureiro para descer em uma duna de areia fofa e inclinada sem ter como fazer o barco ficar imóvel.

Primeiro paramos em uma duna bem alta com areia muito fina e fofa.

Sua subida foi bem difícil, era um passo para frente e um escorregão para trás.

Só quando fui rastejando é que consegui chegar ao topo.

Deu dó da minha câmera com toda aquela areia fina.

Quando finalmente terminei, levantei para admirar a vista, foi incrível.

A composição de cores e formas criadas pela natureza era simplesmente espetacular.

Tinha um rio com diversas cores devido ao assoreamento, tinha uma grande área alagada cheia de árvores, muita vegetação rasteira e do outro lado haviam dunas e mais dunas a perder de vista, com areia fina e clara.

Se eu pudesse passaria horas parado só para admirar, mas após um tempo tivemos que descer para ver outros lindos lugares.

Navegamos pelo rio sempre acompanhado pelas aves até chegar em outro conjunto de dunas onde pude apreciar a vista da região de Betânia, foi incrível.

O bom de ir em baixa temporada e em locais que não são tão populares é que as dunas eram particulares, tinham somente as nossas pegadas.

O passeio ainda incluía uma parada em uma prainha para um banho de rio.

Foi um passeio para nunca mais esquecer.

Tenho muita vontade de voltar e ficar mais tempo em Betânia.

.

Conheça outros álbuns sobre os Lençóis Maranhenses:

Santo Amaro do Maranhão – Lençóis Maranhenses

Lençóis Maranhenses – Maranhão – Brasil

São Luís do Maranhão – Brasil

Espigão – Lençóis Maranhenses – Brasil

Lençóis Maranhenses em Julho – Brasil

.

0 respostas

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *