São Luís – Centro Histórico muito rico, de história

A capital do Maranhão não está entre as cidades mais procuradas para turismo no Brasil.

Boa parte da culpa é do próprio povo de São Luís.

Muitas cidades, mesmo capitais de estado, não tem atrativos para o turismo, São Luís tem e são bem fortes.

Suas praias são muito bonitas, com grande faixa de areia clara e mar próprio para banho.

É bom observar que boa parte da vista do litoral é coberto pelas barracas restaurantes, que são difíceis de serem eliminadas porque facilitam muito a vida de quem está frequentando a praia, além de gerarem muitos empregos.

O principal potencial da cidade é o seu centro histórico.

Segundo os guias existem mais de cinco mil, isso mesmo, cinco mil casas dos séculos XVII e XVIII no centro de São Luís.

As ruas ainda mantêm o calçamento da época. Em boas condições poderíamos caminhar por vários quarteirões como se estivéssemos no passado.

Não existe no meio do quarteirão uma casa ultramoderna, como é comum em outras cidades, que acabam quebrando o encanto.

O problema é a conservação extremamente precária.

Você poderá ver pelas fotos que boa parte das casas estão caindo aos pedaços.

Existem somente três prédios em perfeito estado de conservação, o Palácio dos Leões, que é a residência e local de trabalho do governador, a catedral e o Museu da Nova República, que na verdade é o museu do Sarney.

Somente os três poderes tem dinheiro, certamente público, para restauração.

Alguns restaurantes e lojas também conservam suas fachadas, mas a grande maioria está deteriorada.

Outra atração muito curiosa em São Luís é a grande variação das marés, são entre sete e oito metros, que fazem as praias ficarem com boas faixas de areia na maré alta até faixas intermináveis na maré baixa.

Na foz do rio Anil, junto ao centro, é que podemos ver essa variação de forma mais forte. Nas fotos acima você poderá ver 2 imagens tiradas praticamente no mesmo lugar uma as 9:23h e outra as 15:10h.

Em uma o rio está seco e na outra o rio está completamente cheio.

A distância, a falta de conservação e principalmente a falta de divulgação do que São Luís pode oferecer faz a cidade perder uma renda de turismo extremamente considerável.

.

Veja outros álbuns do Maranhão:

Lençóis Maranhenses – Maranhão – Brasil

Santo Amaro do Maranhão – Lençóis Maranhenses

Espigão – Lençóis Maranhenses – Brasil

Lagoa Betânia – Santo Amaro do Maranhão

Lençóis Maranhenses em Julho – Brasil

.

Voltar ao início…

.

Sobre a viagem

Programei fazer uma viagem pelos Lençóis Maranhenses e a chegada natural é por São Luís.

O programa marcava a chegada de avião no final da tarde e logo no dia seguinte bem no começo da manhã estava marcada minha saída para Santo Amaro do Maranhão, entrada dos Lençóis.

Perguntei se teria alguma visita a São Luís e descobri que não havia nada programado.

Eu tive que pedir um dia extra na capital do Maranhão para poder conhecê-la.

O operador da empresa de turismo estranhou o pedido, mas já que o cliente pediu reservou um dia extra para São Luís.

Isto mostra o quanto a cidade é excluída do turismo natural.

Marquei o City Tour com o mesmo motorista que fez meu translado do aeroporto ao hotel.

Ele conseguiu um guia e fomos conhecer a cidade pela manhã.

Foi interessante, mas acho que se tivesse contratado uma agência local o resultado seria melhor e mais barato.

Depois do City Tour fiquei no centro histórico para poder fotografar tudo que eu queria com mais tempo.

Senti um pouco de insegurança por estar carregando uma câmera fotográfica profissional, mas perto dos principais prédios os policiais estão presentes e não houve problemas.

Pelas fotos podemos ver que valeu a visita.

Almocei no restaurante Cabana do Sol, onde comi carne de sol de filé, estava ótima, como também todos os acompanhamentos.

No centro almocei no restaurante Senac, que trabalha com o sistema de buffet.

Diferente do que haviam me informado, somente algumas opções eram de comidas típicas do Maranhão, a maior parte eram opções de comidas internacionais, ótima qualidade, mas deveria ter procurado melhor o restaurante para conhecer a cultura maranhense.

Fico na dúvida em recomendar São Luís como uma visita única, realmente é longe e um dia, no máximo dois são suficientes para conhecer a cidade, mas se for usá-la como ponto de partida para os Lençóis Maranhenses pegue um dia extra para visitar a capital do Maranhão, você não vai se arrepender.

.

Restaurante Cabana do Sol

Restaurante Senac – São Luís – Maranhão

.

Voltar ao início…

.

0 respostas

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *