Dragster – ZMAX Dragway – Carolina do Norte – EUA

Clique nas imagens para ver as fotos ampliadas com mais informações.

Você já viu uma prova de Dragster?

Certamente você já viu na TV ou no cinema uma competição de racha onde dois carros estão alinhados lado a lado e disparam por uma reta para ver quem chega primeiro em um determinado ponto.

Muitas vezes quem dá a largada é uma mocinha bem bonita parada entre os carros, o sinal para iniciar a disputa é dado quando ela larga um lenço.

É também chamada competição de arrancada.

Como o povo americano é muito louco, eles pegaram essa competição de rua e transformaram em uma super competição em pistas própria e regras pré-definidas.

Todos os fins de semanas milhares de americanos compram os ingressos para ver as competições e ainda gastam milhares de dólares em souvenires de seus ídolos.

Resumindo é um esporte tipicamente americano que movimenta bilhões de dólares por ano.

Com o tempo o que era uma prova de arrancada com carros de rua e motores mexidos passaram a ser provas em que o “veículo” tem um motor que pode chegar até a 12.000 HP de potência.

Existem várias categorias, com regras definidas, para equilibrar os carros e tornar a prova muito rápida e muito emocionante.

Para quem gosta de carros é imperdível, pelo menos uma vez na vida.

ZMAX Dragway

Em Concord, uma cidade satélite da capital da Carolina do Norte, Charlotte, existe o local mais badalado dos Estados Unidos quando o assunto é Dragster, a pista ZMAX Dragway.

É o único com quatro pistas para largarem quatro carros ao mesmo tempo. O normal são somente duas pistas.

A pista padrão das competições de Dragster tem ¼ de milha, isto é 402,3 metros.

Os dois lados da pista são cercados por arquibancadas e ficam lotadas nas principais provas de Top Fuel que é a F1 dos Dragster.

Você consegue imaginar o tempo que esses carros levam para percorrer o quarto de milha? Pouco mais de 4 segundos.

É exatamente isso, uma prova dura entre 4 e 5 segundos para percorrer quatro quarteirões partindo da velocidade zero.

Antes da prova os carros têm que se aquecer, eles partem lentamente acelerando e patinando os pneus saindo uma grande quantidade de fumaça. Andam 50 a 80 metros, dão ré de volta a partida.

Logo em seguida quando os carros estão alinhados e prontos é dada a largada. Não mais por uma mocinha bonita, mas sim por sinais luminosos.

Pouco mais de quatro segundos depois a prova terminou, começa a preparação para uma nova etapa.

O som ambiente é ensurdecedor, imagine quatro carros com 12.000 HP, são 48.000 HP acelerando e disparando.

É de arrepiar.

.

Você vai gostar de ver o vídeo de um Pit-Stop na Nascar

.

0 respostas

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *