Aventuras em Brotas – São Paulo

Meu genro veio passar uns dias em São Paulo e como ele tem muita energia não conseguiria ficar parado por muito tempo.

Já que era para gastar energia minha filha deu a ideia de irmos para Brotas, local famoso pelas atividades radicais.

Primeira grande dúvida era se levaria ou não minha câmera DSL(câmera grande). Atividades com água e altura não combinam com câmeras DSL. Com muita dor no coração, decidi levar somente uma câmera compacta a prova d’água e a GoPro. Hoje confirmo que foi uma decisão acertada. A fragilidade, tamanho e peso da câmera DSL somente atrapalhariam e ela teria grande chance de sofrer avarias.

A cidade de Brotas fica a menos de três horas de viagem de São Paulo, onde moro, por estradas de primeira qualidade, compensando até os vários pedágios do caminho. Quem vem de longe o aeroporto de Viracopos é o mais perto.

A chegada a Brotas foi muito gratificante, cidade de pouco mais de 20.000 habitantes, é bem típica do interior de São Paulo, com cuidados acima da média. As fotos mostram um pouco do que é a cidade.

Peguei recomendações com amigos para escolher qual empresa fazer as reservas para as atividades e escolhi a Território Selvagem. As outras duas boas opções são a Alaya e a EcoAção. As três têm rafting, já que é a atividade mais procurada, e cada uma se especializou em outras atividades. Todos indicam as outras conforme o que você queira fazer. Por exemplo, fiz arvorismo na Alaya, indicada pela Território Selvagem, quem quer tirolesa tem que procurar a Território Selvagem.

A escolha pela Território Selvagem foi acertada, apesar de um pouco confusa na agência, os guias são muito bem preparados e os equipamentos são de qualidades, que é o que importa em atividades onde corremos risco.

Outra grande vantagem é que todas as atividades são acompanhadas por um fotógrafo que registra tudo o que acontece, lógico que depois é cobrado um extra, mas por um custo bastante razoável. Para mim que estava sem a minha super câmera foi um alívio. Este é o primeiro Álbum/Dica que tem fotos não tiradas por mim, realmente não dava para descer o rio no bote e fotografar ao mesmo tempo.

Vamos ao que realmente importa, vale a pena ir para Brotas?

Vale muito.

A tirolesa Superman é muito legal com dois trechos, o primeiro com 1.100 metros de extensão e até 150 metros de altura. O segundo com 900 metros de extensão e para completar tem uma caminhada por uma trilha na mata até uma linda cachoeira onde tomamos banho.

Para o rafting existe três opções, cada uma com um nível de adrenalina. Óbvio que havia reservado a opção mais tranquila que é no bote com até 7 pessoas mais o guia. Minha filha e meu genro me convenceram a trocar pelo bote Elite com três pessoas mais o guia. Por ser menor é mais rápido. Recomendo, é mais emocionante sem ser perigoso ou com adrenalina demais.

No mesmo dia minhas “crianças” resolveram fazer o Duck Radical quem é um bote para 2 pessoas, você é o guia. Este passeio resolvi pular e deixar os dois aproveitarem sozinhos. Adoraram, mas depois que vi o filme da GoPro considerei que minha decisão de ficar na piscina do hotel foi bem acertada.

O terceiro dia foi o Canionismo, nome diferente para dizer “rapel”. Sobre este passeio é preciso pensar um pouco. Também havia reservado somente para os dois, eu não iria participar. Todos diziam que era muito bonito e legal e me convenceram, fui fazer. Foi muito emocionante e gratificante conseguir fazer porque rapel não é para qualquer um. São 2 descidas, uma em uma cachoeira de 22 metros e outra com 42 metros. Não é necessário grande preparo físico, mas precisa bom controle para aproveitar a aventura. O sistema adotado é bem seguro com redundância de proteção, mas deixar o corpo na horizontal a uma altura de 40 metros com os pés sobre rochas molhadas e lisas não é fácil. A grande realização é terminar a aventura e dizer “eu consegui”.

O arvorismo é interessante, mas deve ser a primeira atividade a ser feita, depois do rafting e o rapel esta atividade é “banal”.

Brotas possui um bom número de restaurantes e bares, muitos deles de muito boa qualidade.

Uma coisa que deve ser destacada é o tratamento que recebemos. Tanto nos passeios, nos restaurantes e nas ruas recebemos sempre atenção, gentileza e sorrisos. Todos percebem que o turista deve ser bem recebido e seguem esta regra corretamente.

Brotas atingiu a todas expectativas, meu genro voltou para São Paulo extremamente feliz e calmo, pois gastou muito de sua energia em atividades com muita adrenalina. Eu e minha filha adoramos vê-lo dormindo no carro na volta.

.

Brotas

Território Selvagem

Alaya

EcoAção

.

0 respostas

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *