Washington

A cidade de Washington é a capital dos Estados Unidos, uma cidade onde ferve a política como podemos ver na séria House of Cards, mas também é uma cidade que presta uma grande homenagem ao povo americano.

No centro da cidade encontramos um enorme parque, o National Mall, que vai do Capitólio até o Memorial a Lincoln. Podemos passar de quatro a sete dias somente nesta área, porque além das extremidades mencionadas podemos encontrar os Museus de História Natural, Museu do Índio, Museu de História Americana, Museu Aeroespacial, Memoriais das Guerras do Vietnã, Coreia e 2º Guerra Mundial entre várias outras atrações.

Reserve com certeza um dia para visitar somente a área externa do National Mall, será uma bela caminhada.

Inicie pelo Lincoln Memorial, imponente e muito conhecido nos filmes. No alto das escadarias a vista do lago logo a frente até o Capitólio no fundo da área verde merece ser vista. Saia um pouco do centro onde você conseguirá ver muito mais.

Logo a frente encontramos os Memoriais da Guerra da Coreia e Guerra do Vietnã. Reserve alguns minutos para observar as pessoas que chegam até o memorial do Vietnã. Normalmente trazem pequenas bandeiras americanas e fazem suas orações com a ponta dos dedos sobre o nome de um parente morto no Vietnã. É emocionante e impressionante.

Com uma caminhada chegamos ao Memorial da 2º Guerra Mundial e ao lado a famosa torre, o Monumento a Washington. A distância não é grande, mas para quem não quer andar muito é melhor pegar uma condução do Lincoln Memorial até o Monumento a Washington. Certamente você ainda terá de andar muito pela cidade.

Para quem vem do Lincoln Memorial, ao chegar ao Monumento a Washington conseguirá ver, do lado esquerdo, o lado Sul da Casa Branca. A frente tem uma sequência de Museus a direita e a esquerda, faça sua escolha do que quer ver primeiro de acordo com suas preferências.

No Museu da História Americana podemos encontrar reconstituições de cenas importantes como a Guerra da Independência, Guerra Civil Americana e da 2º Guerra Mundial. O museu apresenta também a evolução do automóvel, muito importante para a economia americana, a evolução da tecnologia e a evolução da cultura americana. Existe uma ala com exposição das roupas usadas pelos séculos e ainda apresenta os vestidos das primeiras damas na posse de cada presidente. Podemos ver o vestido usada por Michelle na posse do presidente Barack Obama.

O Museu de História Natural é incrível, para quem conhece o de New York ou o de Londres, este fica no mesmo nível. A exposição de borboletas vivas é diferente, muito interessante. A visita vale muito a pena.

A Galeria de Arte é muito boa para os apreciadores de arte.

O Museu Aeroespacial é diferente de outros museus do mundo, mostrando aviões, foguetes e equipamentos da área aeroespacial. Com a rápida evolução da tecnologia os mais jovens não acham o museu tão interessante, mas quem tem um pouco mais de idade e conviveu com o Programa Apollo é muito legal. O museu merece uma reformulação para agradar as novas gerações.

O Museu do Índio é o mais novo e esperava algo revolucionário, mas não foi o que aconteceu, é interessante para conhecer as etnias indígenas e alguns objetos e roupas. Se o tempo for limitado este será o primeiro a ser cortado.

No caminho até o Capitólio achei o Jardim Botânico, que não havia visto nos guias, e foi muito interessante. Florestas inteiras dentro de estufas merecem uma visita.

O Capitólio pode e deve ser visitado, pode ser feita a reserva antecipada pelo site o que evita a perda de tempo em filas. A visita ao Capitólio é guiada onde você poderá ver seus belos salões. A entrada na sala onde os deputados fazem suas votações somente acontece em períodos de recesso parlamentar.

O principal local a ser visitado em Washington é a Biblioteca do Congresso, o salão da entrada e a biblioteca realmente são locais dos mais bonitos que já conheci. As paredes e tetos trabalhados com mármores, granitos e pastilhas, com muito bom gosto, faz da Biblioteca do Congresso um local imperdível. Pena que realmente dentro biblioteca as fotos são proibidas, mas, com certeza, ficará para sempre em sua memória.

Outros passeios que recomendo são o bairro de Georgetown com suas lojas e restaurantes, a Catedral Nacional por sua imponência e beleza.

Tendo um pouco mais de tempo o passeio pelas embaixadas deve ser considerado.

O produto orgânico é muito consumido nos Estados Unidos e em Washington encontrei várias feiras pela cidade com produtos orgânicos tão ou mais atraentes que os produtos normais, com preços muito semelhantes.

Quero destacar a visita ao Cemitério Nacional de Arlington. Sempre soube das visitas a cemitérios em Paris e Buenos Aires e nunca me atraíram muito. Arlington é mais que um cemitério, é um local onde transpira história e patriotismo, gostaria muito que os brasileiros tivessem o mesmo amor ao Brasil que os americanos têm pelo seu país. Pela imensidão e organização recomento a visita.

A cidade de Washington merece uma visita, nem que seja de um dia quando for a New York. Será pouco e você terá vontade de voltar.

.

Voltar ao início…

.

Sobre a viagem

Minha viagem a Washington tem história, quando estive pela primeira vez fiquei seis dias e tirei fotos maravilhosas, o céu esteve azul durante todos os dias e ainda era véspera do Memorial Day e a cidade de homenagens estava fervendo. Tirei ótimas fotos.

Após Washington fui para a Carolina do Norte e lá fui assaltado, levaram minha câmera com todas as fotos no cartão. A perda da máquina e lente foram tristes, mas a perda das fotos foi o que mais me abateu. Inclusive aprendi a ter cartões de memória menores que necessitam trocas frequentes e se perder, perco pouco.

A perda das fotos me deprimiu muito e só quando consegui voltar a capital americana é que a frustração diminuiu. Na segunda visita o tempo estava chuvoso e não era próximo do Memorial Day, mas consegui praticamente apagar uma história triste.

Nas duas vezes fiquei em hotéis em Georgetown, o que eu recomendo. A oferta de restaurantes e cafés é muito grande, com preços mais razoáveis. O transporte é farto. Utilizei o ônibus Hop-On-Hop-Off, que passa na principal avenida de Georgetown e por todos os pontos turísticos da cidade. Pagando por dois dias, que é pouco mais caro que um dia, ganhei um terceiro grátis, verifique as promoções.

Perto do National Mall os hotéis e restaurantes são mais sofisticados e com valores bem maiores. São locais para deputados, senadores e lobistas.

Não agendei antecipadamente minha visita ao Capitólio, mas como cheguei no primeiro horário fiz a visita sem espera. Exceto em feriados e fim de semana é fácil a entrada neste horário. Mais tarde você poderá perder várias horas na fila.

Washington não é uma cidade como New York ou Paris, que você nunca achará que foi suficiente e quer voltar, mas é um local que merece uma visita na vida.

.

Veja também o Álbum de New York

.

Veja também o Álbum de San Francisco

.

Voltar ao início…

.

0 respostas

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *