Conheça Paris andando por suas ruas

Paris é uma cidade para se conhecer aos poucos. Cinco dias é o mínimo do mínimo para se ter uma ideia do que é Paris.

O número de atrações é enorme, desde as mais tradicionais como Torre Eiffel, Louvre e Arco do Triunfo até as pequenas lojas de Montmartre.

Paris deveria ser conhecida a pé. Caminhar pelas ruas e parques vendo cada detalhe dos prédios, fontes, jardins e esculturas espalhadas pela cidade é a melhor forma de conhecer uma das cidades mais lindas do mundo, e de graça.

A caminhada imperdível é a que começa no Louvre, atravessa os Jardins des Tuileries, Place de la Concorde, Av des Champs-Élysées, vira-se à esquerda na Av Winston Churchill para ver o Petit e Grand Palais e terminar atravessando a magnifica Ponte Alexandre III, vendo ao fundo o prédio do Les Invalides.

As sugestões de passeios em Paris são intermináveis, seguem algumas:

  1. As ruas laterais da Av des Champs-Élysées têm lojas maravilhosas, edifícios e hotéis encantadores. Nesta área não consigo comprar nada e nem gosto de compras, mas as lojas são belíssimas. As fachadas dos hotéis são algo de inacreditável.
  2. Atravessar o Boulevard Saint-Germain com seus cafés, bares e restaurantes.
  3. Ir da Catedral de Notre-Dame até o museu do Louvre
  4. Passear pelas ruas de Montmartre

Paris tem dezenas de museus internacionalmente conhecidos, se somar os pequenos você achará centenas. Mesmo que você não goste de museus, recomendo muito um passeio pelo Louvre, ele é tão grande, tão variado que certamente você vai achar algum setor do seu interesse.

O prédio já é muito bonito, a ótima adaptação da moderna pirâmide de vidro com os centenários prédios do Palácio Imperial já faz valer a pena pelo menos uma rápida visita. Para conhecer mais ou menos o Louvre é necessários uns três dias.

A Torre Eiffel é o paraíso para quem gosta de fotografar. Com certeza deve ser um dos locais mais fotografados do mundo, mas você vai achar uma posição diferente de tão grande e bela é o conjunto torre e seus imensos jardins.
Aqui você não deveria economizar. Aconselho a compra do ingresso, pegar a fila e subir na torre, a emoção de estar lá em cima com a vista maravilhosa de Paris é indescritível.

Dois locais que não estão entre os primeiros a serem indicados na maioria dos sites de Paris, mas que recomendo, são a Sainte Chapelle e Le Jardin du Luxembourg.
Sainte Chapelle por fora é bem simples, mas a riqueza por dentro é difícil de se ver em outros lugares. Le Jardin du Luxemboug é um parque onde cada detalhe tem o mesmo cuidado de um pequeno jardim particular de um amante de plantas.

Se tiver um dia inteiro disponível, conheça o Palácio de Versailles, fica em outra cidade a vinte quilômetros do centro de Paris, mas dá para ir de metro com um tíquete especial, peça na bilheteria. Versailles é um sonho.

Paris é chamada cidade luz pela beleza de seus monumentos iluminados a noite. Os principais lugares da cidade são seguros, é possível passear a noite e ver as maravilhas da cidade luz.
.
Veja também o álbum Itália – Pais Incrível

.

Voltar ao início

.

Sobre a viagem

Tive a sorte de ir a Paris mais de uma vez, mesmo assim conheço somente o lado turístico da cidade, pois são muitas as opções que ela proporciona. Para conhecer bem Paris é necessário ficar na cidade alguns meses, a passeio.

A cidade é dividida em bairros que eles chamam de arrondissement (ARR) e são numerados. Para que tem 4 a 5 dias na cidade dificilmente você vai sair dos ARR  1º, 2º, 4º, 5º, 6º, 7º e 8º. Inclua o 18º ARR onde tem a Sacre-Coeur.

O metro é muito bom, mas se você não tem muitos dias disponíveis de preferência por um hotel mais central, mesmo que de uma categoria mais simples devido ao preço. O aconselhável é ficar em algum dos ARR indicados, você vai ganhar um tempo precioso.

Eu acho os ônibus Hop On Hop Off, aqueles com dois andares onde a parte de cima é aberta, sempre muito interessantes para conhecer uma cidade. Em Paris acho fundamental. O número de prédios e praças a serem vistos é interminável.
Com uma volta nestes ônibus já é possível ter uma visão geral incrível da cidade, com a possibilidade de tirar fotos maravilhosas. Normalmente faço o tour completo, sem paradas no primeiro dia, vendo todas as opções, e depois escolho o que realmente me interessa para dedicar mais tempo.

Quando fui a Paris não havia tour de ônibus a noite, o horário era até as 19h e o sol só ia embora as 19:30h. Resolvi investir contratando um taxi por uma hora e meia, a noite, e rodei pelos principais pontos de Paris, parando e fotografando. Foi um dinheiro muito bem empregado.

Recomendaram que eu comprasse antecipadamente pela internet o ingresso para subir na Torre Eiffel. Por algum problema acabei não comprando o que foi muito bom, porque o dia que tinha programado para Torre Eiffel choveu muito e tinha até neblina. Teria perdido a subida.
Se você for em alta temporada não tem jeito, é necessário comprar antecipadamente, você pode chegar na bilheteria e só ter ingresso para alguns dias.
Se não for em alta temporada com certeza você pegará fila, mas poderá escolher o dia com as melhores condições do tempo para aproveitar a vista. Vale a pena.

Para mim, Paris é a cidade mais linda do mundo, entre as que eu conheço. Vai ser difícil mudar de opinião.

Você deveria colocar na sua lista de prioridades em Paris:

– Museu do Louvre
– Torre Eiffel
– Museu d’Orsay
– Catedral de Notre-Dame
– Arco do Triunfo
– Basílica de Sacré-Coeur
– Igreja de la Madeleine
– Les Invalides
– Museu de l’Armée
– Sainte Chapelle
– Jardin du Luxembourg
– Panthéon
– Jardin des Tuileries
– Place de la Concorde
– Place Vendôme
– Versailles

Se tiver chance coloque na sua lista o salão de chá Ladurée, Paris vai ficar ainda mais bela.

.

Ônibus Hop On Hop Off
.

Voltar ao início

.

2 respostas
  1. Ema Salete Reche
    Ema Salete Reche says:

    Cidade maravilhosa foi a viagem mais linda que fiz com minha família amada, filhas genros e netos,agradeço a Deus por ter a oportunidades de conhecer está maravilha, um encanto para os olhos e para a alma.

    Responder
    • Augusto Destruti
      Augusto Destruti says:

      Eu posso imaginar a felicidade de estar em Paris com toda a família. Tomara que vocês possam repetir essa viagem ou para Ney York, Roma, Londres…

      Responder

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *