Florença ou Firenze, pode escolher e aproveitar

Quando se faz uma relação das 10 cidades mais lindas do mundo Florença estará em quase 100% das listas. A cidade tem tantas coisas belíssimas para se ver que fica difícil acreditar.

Comecemos pela Duomo, a Basílica de Florença, uma das igrejas mais lindas do mundo. O exterior é todo revestido com um mosaico de mármores de diferentes cores que formam um conjunto incrível. Para completar a praça ainda existem o batistério e o campanário. O interior não está entre os mais ricos, mesmo assim é muito lindo. O nome oficial da igreja é Basílica de Santa Maria del Fiore

Andar pelo centro de Florença é um passeio pela idade média. Praticamente todos os edifícios são mais antigos que o descobrimento do Brasil. A chegada na Piazza dela Signoria ou Praça da Senhoria é incrível. Lá encontraremos o Palácio Vecchio, a Loggia dei Lanzi, estátua de David de Michelangelo e Fontana del Nettuno. Dá para ficar um bom tempo parado só para acreditar que tudo aquilo é real.

Caminhando um pouco mais podemos atravessar a Ponte Vecchio e ver todas as joalherias que existem sobre ela. É bem diferente ver um tipo de shopping construído há centenas de anos exatamente em cima da ponte.

Uma das coisas mais difíceis é decidir se a igreja mais bonita é a Basílica de Santa Cruz ou a Igreja de Santa Maria Novella. As duas são lindas por dentro e por fora, as duas têm museus anexos impressionantes.

Para completar o circuito de belíssimas igrejas tem a visita a Igreja de San Lorenzo e a Basílica do Espirito Santo. Existem mais dezenas de lindas igrejas, mas para conhecer todas será necessário morar por um período na cidade.

Próximo a Ponte Vecchio fica o Palácio Pitti e seus jardins encantadores, merece uma visita.

Para completar, dois museus têm que ser vistos, a Accademia e o Uffizi. O primeiro é principalmente para ver a escultura original de David de Michelangelo, o que está na praça é uma cópia. Originalmente a estátua de David ficava na Piazza dela Signoria, mas para protegê-la das intempéries foi colocada uma cópia no lugar e a verdadeira está no Museu.

O museu Uffizi, ou em português Galeria dos Offícios, deve ser visitado mesmo por quem não gosta de museu. A construção é linda, as salas e ambientes são muito bem planejados e a vista da Ponte Vecchio é imperdível. Quem gosta de tirar fotos vai adorar o museu e a vista.

Caminhar pela cidade rendem várias fotos excelentes, mas um lugar que eu recomendo muito é a Piazzale Michelangelo. Essa praça fica em cima de uma montanha onde é possível ter uma vista completa de Florença. Se o dia estiver com céu limpo vá no final do dia para ver o melhor pôr do sol de Florença.

.

Voltar ao início…

.

Sobre a viagem

Fui para Florença depois de visitar Veneza. Na minha cabeça, depois de Veneza, qualquer lugar seria só bom já que Veneza é espetacular. Para minha surpresa depois de sair de Florença não sabia dizer qual das duas cidades era a mais espetacular. Espero um dia visitar as duas novamente para, com certeza, ficar com mais dúvidas ainda.

Consegui ficar em um hotel ao lado da Duomo, o que foi muito bom porque não precisei pegar condução nenhum dia.

Como gosto de fotografias procuro lugares altos para conseguir belas paisagens. Na Duomo existem 2 lugares privilegiados, o campanário e a cúpula da Basílica. Os dois oferecem maravilhosas vistas da cidade, mas nenhum tem elevador. A subida é feita um degrau após o outro, e são muitos. O campanário tem 414 degraus e a vantagem é que a escada não é larga, mas suficiente para subir e descer sem grandes problemas. Existem ainda patamares intermediários que servem como descanso ou para quem não quiser subir mais, mas apreciar a vista de um ponto médio. A cúpula da basílica tem 463 degraus e eu realmente não recomendo para pessoas que tem problemas com lugares apertados, porque em certas partes é necessário subir de quatro e em outros passa-se por lugares bem apertados. Quem não tem problemas nem físicos nem claustrofóbicos a subida na cúpula é bem mais emocionante, se for em só uma fique nesta opção.

No final do dia o céu estava limpo e eu subi até a Pizzale Michelangelo para fotografar o pôr do sol e a cidade. Qual não foi a minha surpresa quando cheguei e vi dezenas de fotógrafos com câmeras profissionais e tripés preparados para fotos. Olhei a vista era linda, mas achei estranho e perguntei se tinha algo de anormal, pois não é que tinha. Era dia 16 de maio e nesse dia o sol se põe exatamente no meio da Ponte Vecchio proporcionando efeitos únicos. Vem gente de toda a Europa para fotografar nesse dia. O problema é que 15 minutos antes do efeito acontecer o céu nublou e nada aconteceu. No dia seguinte voltei a mesma praça e consegui ótimas fotos, mas todos os profissionais já tinham ido embora.

Comer em Florença é um problema, existem tantas ótimas opções que fica difícil escolher. Recomendo a visita ao Mercado Central que tem no segundo andar uma grande praça de alimentação, somente com restaurantes de primeira qualidade. Você pede o prato, senta em uma das mesas disponíveis e virá uma pessoa oferecendo vinhos em taças ou garrafas, todos vinhos nacionais italianos. É o paraíso.

Coloque Florença na sua relação de cidades a serem visitadas. Você vai adorar.

.

Outros álbuns e publicações sobre a Itália

Itália – Pais Incrível
Sirmione – Joia Italiana
Veneza – Romance Sobre as Águas – Itália
Monteriggioni – Visita a Idade Média
Pienza – Toscana – Itália
Burano – Veneza – Itália
Ponte Vecchio em Florença – Itália
Cinque Terre – Mar e Montanhas – Itália
Manarola – Cinque Terre – Itália
Pisa – Torre e Catedral – Itália
Veneza – Transporte Público – Itália

.

Voltar ao início…

.

0 respostas

Deixe seu comentário

Quer participar da discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *